Verme assassino e caramujo zumbi?

Para perpetuar a espécie e garantir a sobrevivência, qualquer espécie luta com todas suas capacidades, mas parece que um verme foi ao limite.

https://www.bioorbis.org/2014/02/verme-e-caramujo.html
Leucochloridium paradoxum parasitando o pequeno caramujo. Fonte da imagem: insider.

VAMOS DESCOBRIR...

UM VERME ZUMBI


Esse verme é o parasita Leucochloridium paradoxum que entra em um caracol, promove uma transformação física no gastrópode (mesmo grupo das lesmas e nudibrânquios) e o leva a cometer suicídio. Tudo para assegurar a continuidade da espécie. Mas como isso é possível?


A ESTRATÉGIA DE UM VERME


Primeiro, um caracol come os excrementos de um pássaro infectado com ovos de Leucochloridium paradoxum. Quando os ovos eclodem, os vermes seguem para os tentáculos oculares da vítima. 


Leucochloridium paradoxum
O pobre caramujo parasitado pelo verme assassino. Fonte da imagem: commons.wikimedia.org.

É possível ver a movimentação dentro do corpo do caracol. Os parasitas, que se parecem com grandes cones inchados e pulsantes, passam a controlar o cérebro de seu hospedeiro. O caracol segue, como se estivesse hipnotizado, em direção às plantas mais altas, em busca da luz (normalmente prefere lugares sombreados). Exposto, ele está condenado.
No topo das árvores, o caracol é facilmente observado. Seus tentáculos pulsantes chamam a atenção das aves como se fossem um letreiro de fast food. A forma dos vermes confundem os predadores que acham que estão diante de uma larva, uma iguaria muito apreciada entre os pássaros.  


Leucochloridium paradoxum
Fonte da imagem: bio390parasitology.

Quando o caracol é consumido, o parasita entra no trato digestivo da ave e se desenvolve até a fase adulta. O verme libera os ovos que serão expelidos junto com os excrementos do hospedeiro.


Os ovos caem em uma folha e serão ingeridos pelo caracol que se alimentar dos excrementos da ave infectada. O ciclo de vida do Leucochloridium paradoxum está completo, e uma nova geração de vermes pode seguir controlando as mentes de caracóis indefesos.

Vejam um vídeo do canal da Nat Geo Wild, mostrando esse verme parasita em ação:



Referência: National Geographic Brasil

E NÃO DEIXEM DE SEGUIR NOSSAS INCRÍVEIS COLEÇÕES NO GOOGLE+. ONDE TODAS NOSSAS POSTAGENS ESTÃO SEPARADAS POR CATEGORIAS (CLIQUEM NAS IMAGENS ABAIXO PARA ACESSAR OS LINKS):

 https://plus.google.com/collection/YU0mQB https://plus.google.com/collection/YLgT0 https://plus.google.com/collection/Ut3sQB

Nenhum comentário:

Postar um comentário