sexta-feira, 20 de março de 2015

Conheçam os ginandromorfos

Conheçam as borboletas ginandromorfos, que são animais machos e fêmeas no mesmo indivíduo.


 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2015/03/conhecam-os-ginandromorfos.html
Uma borboleta ginandromorfo. Fonte da imagem: wroooses.

VAMOS DESCOBRIR...

O nome ginandromorfo, são  dado aos animais conhecidos por conta de uma condição genética rara, que no qual conseguem ter os sexos masculino e feminino ao mesmo tempo. 



Borboletas ginandromorfos. Fonte da imagem: aprenda.

Está condição é observada principalmente na classe dos insetos, como exemplo da postagem, as borboletas. Mas também pode ser observada em aves, como exemplo, galinhas. Nas imagens abaixo vocês podem ver que as borboletas, tem ambos os lados diferentes um do outro, lado representa o sexo feminino e o outro masculino.


Fonte da imagem: TopBiologia.

Fonte da imagem: TopBiologia.
Fonte da imagem: TopBiologia.

Um evento observado na Universidade Derxel, na Filadélfia, de um caso de ginandromorfia, descoberto pelo voluntário Chris Johnson, engenheiro químico aposentado. Como já era de se esperar, o inseto apresentava características femininas e masculinas, assim como órgãos reprodutivos de ambos os sexos.

 https://bio-orbis.blogspot.com/2015/03/conhecam-os-ginandromorfos.html
Lexias pardalis ginandromorfa, descoberta pelo voluntário Chris Johnson. Fonte da imagem: TopBiologia.

A borboleta descoberta, Lexias pardalis (imagem acima), foi identificada como uma arquiduque, espécie que permite distinguir o sexo pelas cores das asas, mas com a condição de ginandromorfia. E abaixo fotos de Lexias pardalis, dos espécimes machos e fêmeas separados:

Lexias pardalis (macho). Fonte da imagem: parfaitimage.


Lexias pardalis (fêmea)Fonte da imagem: pinterest.

Em resumo, tantos nos casos raros encontrados em aves como nos das borboletas, a ginandromorfia é causada por uma disjunção dos cromossomos sexuais no início do amadurecimento da espécime. No caso das borboletas, pode começar até na fase larval, mas sendo evidente apenas na fase adulta.

Já no caso das aves, os filhotes não manifestam, pois suas gônadas (órgãos sexuais) ainda não estão desenvolvidos. Após o amadurecimento, eles podem desenvolver a ginandromorfia. Vejam na postagem abaixo (Meio-macho, meio-fêmea: a ave de vida dupla) sobre a ave ginandromorfa Cardinalis cardinalis :


Meio-macho, meio-fêmea: a ave de vida dupla

 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2015/01/meio-macho-meio-femea-ave-de-vida-dupla.html

Fonte: TopBiologia.


E VENHAM DESCOBRIR MAIS SOBRE ESSA NATUREZA CURIOSA (CLIQUEM NOS TÍTULOS OU NAS IMAGENS ABAIXO PARA ACESSAR OS LINKS):


Um show de cores, 7 borboletas fantásticas

 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2014/03/um-show-de-cores-7-borboletas.html



E SE QUISEREM VER MAIS DE NOSSAS POSTAGENS ACESSEM E SIGAM NOSSAS COLEÇÕES NO GOOGLE+ (PARA ACESSAR E SEGUIR CLIQUEM NAS IMAGENS ABAIXO): 

 https://plus.google.com/collection/YLgT0 https://plus.google.com/collection/MK9dQB https://plus.google.com/collection/YU0mQB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...