Descubra 15 espécies que podem entrar em extinção a qualquer momento

Entra ano, sai ano e a lista vermelha com espécies ameaçadas de extinção só aumenta, preocupando ambientalistas e governantes, também a todos nós...

 https://bio-orbis.blogspot.com/2015/03/veja-15-especies-que-podem-entrar-em.html

VAMOS DESCOBRIR...

No ano de 2015 se iniciou com péssimas notícias para a natureza e também para os anos que seguirão. A ONG norte-americana Mother Nature Network divulgou uma lista com os 15 animais que podem entrar em extinção a partir de 2015, evidenciando ainda mais o problema conhecido como “evento de extinção em massa”.

O problema acontece, em grande parte, devido às ações humanas, como caça, poluição e queimadas, que levam, consequentemente, à perda de habitat, inserção de espécies chamadas invasivas e mudanças climáticas. Confira agora a lista com as espécies que podem a qualquer momento desaparecer:

1 - RINOCERONTE-DE-JAVA

Foto de um rinoceronte-de-java (Rhinoceros sondaicus) em zoológico. Fonte da imagem: anda.jor.

Das cinco espécies sobreviventes de rinocerontes, esta é a que mais corre riscos de desaparecer, devido a caça predatória e a perda de habitat.  Atualmente, cerca de 40 rinocerontes-de-java vivem no Parque Nacional Ujung Kulon, na ilha de Java.
Estado de conservação segundo a IUCN: criticamente em perigo

2 - BOTO VAQUITA

O gracioso Vaquita (Phocoena sinus). Fonte da imagem: pinterest.

Com apenas 97 indivíduos, seu estado é crítico e pode desaparecer a qualquer momento. Considerado o menor boto da Terra, o animal vive no Mar de Cortez, no México, onde é frequentemente enredado por caçadores de totoaba, uma espécie de peixe. 
Estado de conservação segundo a IUCN: criticamente em perigo.

3 - LÊMURE-ESPORTIVO-DO-NORTE

Lepilemur septentrionalis.Fonte da imagem: anda.jor.

A espécie, que perdeu 80% de sua população nos últimos 21 anos, está ameaçada de sumir do mapa devido à enorme quantidade de queimadas no seu habitat natural e pela caça desenfreada para consumo de sua carne.
Estado de conservação segundo a IUCN: criticamente em perigo.

4 - TARTARUGA-DE-PENTE

Eretmochelys imbricata.Fonte da imagem: anda.jor.

Com a urbanização de praias e capturas acidentais, a quantidade de animais da espécie vem reduzindo drasticamente com o passar dos anos.  Apesar disso, é possível verificar que algumas populações estão se recuperando graças aos esforços de preservação locais, mesmo que em pequena esfera.
Estado de conservação segundo a IUCN: criticamente em perigo.

5 - LEOPARDO-DE-AMUR

(Panthera pardus orientalis)Fonte da imagem: anda.jor.

Na quinta colocação destaca-se a subespécie de leopardo-de-amur, que é extremamente rara e conta com apenas 20 animais adultos e seis filhotes na natureza.  De acordo com a International Union for Conservation of Nature (IUCN), a espécie conta com a mais baixa diversidade genética de todas as subespécies de leopardos.
Estado de conservação segundo a IUCN: criticamente em perigo.

6 - ARARA-DE-GARGANTA-AZUL

(Ara glaucogularis)Fonte da imagem: anda.jor.
O comércio internacional de animais colocou a espécie entre uma das que mais estão ameaçadas de extinção.
Estado de conservação segundo a IUCN: criticamente em perigo.

7 - GORILA-DAS-MONTANHAS

(Gorilla beringei beringei)Fonte da imagem: anda.jor.

Com uma população de cerca de 300 membros, que vivem em Uganda e na República do Congo, a espécie está ameaçada de extinção devido a perda de habitat e a caça predatória.
Estado de conservação segundo a IUCN: criticamente em perigo.

8 - ELEFANTE-ASIÁTICO

(Elephas maximus)Fonte da imagem: anda.jor. 

Com a constante caça pelo marfim, a espécie tem desaparecido e declínio. Atualmente é composta por apenas 2.600 indivíduos.
Estado de conservação segundo a IUCN: em perigo.

9 - GANSO-DO-HAVAÍ

(Branta sandvicensis)Fonte da imagem: wikipedia.

A espécie se tornou ameaçada em 1967 e, apesar de um programa de reprodução em cativeiro, a situação ainda é crítica.
Estado de conservação segundo a IUCN: vulnerável.

10 - GIRAFA

(Giraffa camelopardalis)Fonte da imagem: anda.jor.

Desconhecida de muitos, a situação da girafa é bastante crítica. Sua população teve uma queda de 43%, passando de 140.000, em 1999, para 80.000.
Estado de conservação segundo a IUCN: vulnerável.

11 - MORCEGO-DE-INDIANA

(Myotis sodalis)Fonte da imagem: anda.jor.

A espécie também entrou para a lista de ameaçadas em 1967. O problema que a afeta, no entanto, é diferente: uma doença chamada síndrome do nariz branco (white-nose syndrome).
Estado de conservação segundo a IUCN: preocupante.

12 - LINCE-IBÉRICO

(Lynx pardinus)Fonte da imagem: tveuropa.

Com apenas duas populações reprodutoras conhecidas, ambas na Espanha, e que somam cerca de 200 indivíduos, a espécie está entre as 15 espécies que podem ser extintas porque dependem 75% dos coelhos para se alimentar – surtos de vírus myxoma nos anos 50 e da doença hemorrágica em coelhos nos anos 80 causaram desaparecimento dos animais.
Estado de conservação segundo a IUCN: em perigo.

13 - SAPO-DE-KIHANSI

(Nectophrynoides asperginis)Fonte da imagem: zoologicovirtualdokoba.

Esses sapos foram declarados extintos na natureza em 2009, após diversas intervenções humanas em seu habitat natural. Para reverter a situação, cientistas iniciaram um programa de reprodução em cativeiro, o que permitiu a reintrodução da espécie em 2012.
Estado de conservação segundo a IUCN: extinto na natureza.

14 - KAKAPO

(Strigops habroptilus)Fonte da imagem: audubon.

Apesar de uma expectativa média de vida de 90 anos, a espécie é uma das mais raras do mundo. Isso porque, os animais tem sido alvos de caçadores, humanos e animais, nos últimos séculos. Atualmente, a sua população se restringe em 125 animais.
Estado de conservação segundo a IUCN: criticamente em perigo.

15 - FOCA-MONGE-DO-HAVAÍ

(Monachus schauinslandi)Fonte da imagem: anda.

Desde o século 19 o animal se encontra em listas vermelhas. Em 1988, inclusive, foi criado um grande habitat para a proteção da espécie. Atualmente, existem cerca de 1.200 indivíduos dessa espécie.
Estado de conservação segundo a IUCN: em perigo.

Referências

E VENHA SEGUIR NOSSAS INCRÍVEIS COLEÇÕES NO GOOGLE+ PARA VOCÊ FICAR LIGADO NAS NOSSAS ATUALIZAÇÕES (CLIQUEM NAS IMAGENS ABAIXO):

 https://plus.google.com/collection/o9fhQB https://plus.google.com/collection/YLgT0 https://plus.google.com/collection/YU0mQB

 https://plus.google.com/collection/8ZnoQB https://plus.google.com/collection/Qu2lQB https://plus.google.com/collection/UNFrQB

4 comentários:

  1. ainda nos seres humanos so olhamos para si proprio. vendo este saite otimo penso diferente que ainda temos que ter esperença em recuperar esta serie de animais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Joanna,

      Agradecemos pelo comentário e por gostado de nossa postagem e do site. Realmente muitos ainda só pensam em si mesmos, e não tem a visão de um todo, que no qual cada ser vivo depende do outro, direto ou indiretamente.

      Um grande abraço.

      Equipe BioOrbis.

      Excluir
  2. Olá! BioOrbis, Como estás?
    Adoramos teus artigos e seria uma honra tê-la em nosso portal.

    Criamos o https://tugalink.com , o primeiro agregador de conteúdos em Portugal, onde divulgamos blogues, notícias e artigos de diversas categorias.
    O nosso site atinge todos os territórios de lingua portuguesa e boa parte da Europa, além do público imigrante as pessoas cá se interessam muito pelos conteúdos brasileiros na internet.

    Já no primeiro mês online chegamos a marca de 3.000 cliques em publicações.

    Diferente também dos agregadores Brasileiros, nossa página tem um visual mais de portal de notícias o que agrada mais os leitores europeus e acrescenta mais credibilidade ao nosso conteúdo, além de uma excelente estatégia de SEO que usamos que nos deixa muito além dos agregadores convencionais, com Backlinks e todos artigos follow para o google.

    Seria fantástico noticiar seus artigos e redirecionar nosso público para seu blog, e de tê-lo como parceiro habitual. Se tiver alguma dúvida nos contacte.

    Visite-nos e envie vosso conteúdo... https://tugalink.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tugalink,

      Agradecemos imensamente pelas dicas e oportunidade por participar do TugaLink.

      Vamos enviar links para vocês em breve.

      Um grande abraço.

      Excluir