O que você deve fazer se encontrar uma aranha em sua casa?

Para começar, não entre em pânico e lembre-se que a maioria das 40 mil espécies de aranhas conhecidas não são perigosas para nós. Se você estiver em casa e aparecer um aranha o que fazer? Se ela for grande e te der medo? Bom, vem com a gente que mostraremos o básico de como fazer em casos assim.

 http://www.bioorbis.org/2015/04/o-que-voce-deve-fazer-se-encontrar-uma.html
Polybetes sp., uma aranha da família Sparassidae. Cuidado que ela pode ser encontrada em frutas, como na foto acima. Fonte da imagem: National Geographic.

VAMOS DESCOBRIR...

Muitas pessoas podem se sentir perturbadas com nosso assunto, mas, embora algumas aranhas possam atacar os seres humanos, este não é seu objetivo. A maioria é totalmente inofensiva e, na verdade, são nossas grandes aliadas na eliminação de pragas de insetos muito mais perigosos.

Poucas das 40 mil espécies de aranhas conhecidas podem prejudicar os seres humanos, segundo os especialistas em aranhas Christopher Buddle, da Universidade McGill do Canadá, e Jo-Anne Sewlal da Universidade das Índias Ocidentais. Mas é melhor tratar todas as aranhas como perigosas, até saber qual espécie realmente é.


EVOLUÇÃO E BIOLOGIA DAS ARANHAS


Um leigo, provavelmente, consideraria os aracnídeos (aranhas, escorpiões, ácaros, carrapatos e entre outros) como insetos, mas pertencem a classe Arachnida, os insetos são da classe Insectea, diferenciados também pelos quatro pares de patas, enquanto os insetos possuem três pares de patas.

teia-de-aranha
Fonte da imagem: pixabay.

Origem dos aracnídeos


Há dúvidas sobre a orgiem das aranhas. Certamente elas originaram-se no mar, e acredita-se que a aparência de seu ancestral não fosse muito diferente de uma caranguejo. Pesquisas recentes mostram que os aracnídeos evoluíram em dois grupos: os que têm músculos extensores nas patas e os que não tem.



O registro fóssil não é preciso porque, possuindo corpo mole, não se fossilizam facilmente. A recente descoberta de uma fiandeira de aranha do período Devoniano mostra que algumas aranhas já estavam bem evoluídas há 380 milhões de anos. Nenhum fóssil de inseto voador dessa fase foi encontrado ainda, portanto essa aranha deve ter sido uma predadora de insetos terrestres. 

Aranhas carnívoras


Sendo carnívoras, os aracnídeos apresentam adaptações e fortes maxilas para capturar e matar suas presas. As aranhas e os escorpiões podem paralisar suas presas com o veneno. A seda também é produzida por outros insetos, mas só a da aranha possui variações e funções especiais.

O veneno das aranhas



O veneno está presente na grande maioria das aranhas (em todo o mundo, são conhecidos somente dois grupos de aranhas sem veneno), e sua composição química é bastante variada entre as espécies. A grande maioria tem veneno pouco tóxico para o organismo humano, como as caranguejeiras. Porém, o veneno de outras afeta o homem de maneira mais grave, segundo o Instituto Vital Brazil.


AS ESPÉCIES PERIGOSAS DE ARANHAS NO BRASIL


Identificar uma espécie de aranha é difícil, no qual exige chaves de identificação de gêneros e famílias. Embora algumas possam ser facilmente reconhecidas. Por exemplo, a fêmea da espécie da viúva-negra (Figura 2) é peçonhenta com um veneno potente. 


Viúva-negra-Latrodectus
Figura 2. Viúva-negra (Latrodectus). Fonte da imagem: commons.wikimedia.

Encontrado em regiões temperadas de todo o mundo, é fácil sua identificação, pois pois é preta com uma forma de ampulheta vermelha em sua parte inferior de seu abdome.



aranha-marrom do gênero Loxosceles (Figura 3), é uma aranha bem difundida, encontrada nas Américas e em outros continentes. Ela tem uma coloração marrom, com um o abobem marrom bem escuro, de acordo com os especialistas em aranhas.

Aranha-marrom-Loxosceles
Figura 3. Aranha-marrom (Loxosceles). Fonte da imagem: wikipedia.

Sewlal acrescenta que é melhor olhar por cima das aranhas venenosas encontradas em sua casa ou em locais onde você frequenta, como local de trabalho, e em caso de uma mordida, "olhar para obter informações específicas sobre como proceder com relação ao tratamento", finaliza a especialista em aranhas.

Se você encontrar uma aranha em sua casa, não é necessário chamar as autoridades. Mas se você encontrar uma aranha em uma fruta, que está comendo, você pode alertar o supermercado onde a comprou.



Buddle observa que um estudo publicado no Journal of Medical Entomology mostra que a "grande maioria" das aranhas encontradas em frutas não são perigosos. Para não ficar em pânico com relação a esse estudo, Buddle acrescenta, "basta pensar nas centenas de vezes que você comprou bananas sem aranhas!"

aranha-armadeira-Phoneutria
Figura 4. A aranha-armadeira (Phoneutria) endêmica do Brasil, espécie com veneno potenteFonte da imagem: flickr.

Buddle ainda alerta, "as aranhas são nossas amigas", elas são predadoras importantes de insetos que devastam culturas ao redor do mundo.

E SE EU FOR MORDIDO POR UMA ARANHA QUE NÃO CONHEÇO?


No caso raro se você for mordido, é uma boa ideia prepara uma armadilha para tentar capturar a aranha, para que você possa identifica-la, ou leva-la a um especialista e descobrir qual espécie é.



Se conseguir capturá-la em um recipiente ou frasco, coloque ela na geladeira para retardar o processo de decomposição do aracnídeo, pois é claro que você já a matou certo? Mas se não a tiver matado, elas ficaram letárgicas devido a temperatura baixa, ou podem até morrer, mas isso torna mais fácil para move-la de um frasco ou para outro recipiente, usando luvas de borracha, se quiser, pois algumas espécies possuem pelos urticantes


Lembrem também que os aracnídeos tem exoesqueleto e são bem resistentes. Se você tem aracnofobia, ou tem muito medo, você pode colocar ela no freezer, que com certeza vai matá-la, e o bom que vai deixar o espécime intacto para identificação.

Poecilotheria-ornata
Figura 5. Uma tarântula da espécie Poecilotheria ornata, endêmica do Siri Lanka. Fonte da imagem: atshq.

Se você foi mordido, coloque uma bolsa de gelo sobre a área da picada, será suficiente para o tratamento, segundo Sewlal (claro se no decorrer das horas não teve sintomas graves). Mas ela sugere procurar atendimento médico se tiver sintomas mais graves, tais como "aumento da dor, náuseas, vômitos, sudorese, pupilas dilatadas, espasmos musculares incontroláveis, e perda de consciência."

DOCUMENTE SUA ARANHA VISITANTE



Se você está curioso sobre as espécie que visitou sua casa, você pode fotografá-la ou, como dito anteriormente tentar capturá-la para levar a um instituição ou uma faculdade mais próxima, para que especialistas possam tentar identificar as espécies.



Temos grandes instituições boas para tal caso, tais como a Fundação Ezequiel DiasInstituto ButantanFundação Oswaldo CruzInstituto Vital Brazil e entre outros que você pode recorrer para procurar um especialista em aracnídeos.


Uma postagem interessante que pode te ajudar na identificação de um visitante indesejado você encontra aqui: As aranhas perigosas do Brasil e sua importância médica. E ouras que pode ser perigosas também  aqui: Outras aranhas que podem ser perigosas.

Aranha-de-ratos-Missulena
Figura 6. Aranha-de-ratos (Missulena), podendo ser encontrada no Chile, Austrália e África do Sul. Fonte da imagem: wikipedia.

Se você conseguir identificar o aracnídeo por conta própria, e no caso ela ser ser uma espécie não-nativa da sua região, não a deixe fugir nem a solte no seu quintal ou jardim. O animal pode prejudicar as outras espécies nativas da nossa fauna e flora. Mas se você já a viu em sua casa, e que você tem certeza que já a viu em outras lugares, você pode colocá-lo para fora sem problema.

RECOMENDAÇÕES FINAIS


Uma recomendação dos pesquisadores especialistas em aracnídeos, é que na melhor das hipóteses, você tem que matar a aranha. Mesmo sabendo que a espécie não é perigosa pra você, mesmo sabendo que não tem um veneno potente, se você ou um membro da sua família for picado, não se sabe qual a será a reação alérgica em cada um. Pois mesmo se for uma aranha com um veneno fraco que te picou, você pode ter alguma alergia relacionada aquele tipo de veneno, causando assim um choque anafilático, no qual pode resultar em morte.



Por último, os especialistas dizem para ficarem tranquilos e não se preocupar muito com as aranhas. Essas pequenas intrusas só atacam se estiverem realmente sem opção nenhuma, na maioria das hipóteses elas vão fugir de você. Então vamos deixar os pequenos aracnídeos viverem em paz não é mesmo.

Referências
National Geographic. vitalbrazil.
BIFANO, Maria Elisa; CUNHA, Mirian; DEMÉTRIO, Cristiane; FRANÇA, Ana Luíza; MICHEL, Marylene Pinto; SANFILIPPO, Luiz Francisco; TEIXEIRA, Maria Rosa. Spiders - A poket Companion. 1999, Quantum Books Ltd. Editora Nobel.
Animais Peçonhentos no Brasil, Biologia, Clínica e Terapêutica dos acidentes. Autores: João Luiz Costa Cardoso, Francisco Oscar de Siqueira França, Fan Hui Wen, Ceila Maria Sant' Ana Malaque e Vidal Haddad Jr. Editora: Sarvier. 2009.

Para finalizar veja um vídeo do canal O Pensador, sobre AS 10 ARANHAS MAIS PERIGOSAS DO MUNDO - O Pensador:




E SE QUISEREM VER MAIS DE NOSSAS POSTAGENS VENHAM SEGUIR NOSSAS INCRÍVEIS COLEÇÕES NO GOOGLE + (CLIQUEM NAS IMAGENS ABAIXO):

 https://plus.google.com/collection/YLgT0 https://plus.google.com/collection/o3mmQB https://plus.google.com/collection/YU0mQB

17 comentários:

  1. Respostas
    1. Deve-se tomar muito cuidado ao encontrar um aracnídeo. Para os brasileiros as principais espécies de interesse médico você encontra neste post:

      https://bio-orbis.blogspot.com.br/2013/12/aranhas-perigosas-do-brasil-e-sua.html

      Equipe BioOrbis

      Excluir
  2. Olá gostaria de saber como faço para identificar uma aranha pois tenho encontrado várias espécies e tenho crianças no local

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Talita,

      A maioria dos aracnídeos, se não todos são venenosos, mas não se preocupe pois somente algumas espécies aqui no Brasil são de extremo risco, que no qual você pode encontrar nesta postagem aqui:

      http://bio-orbis.blogspot.com.br/2013/12/aranhas-perigosas-do-brasil-e-sua.html

      Mas, como tem crianças é bom manter elas longe, ou até mesmo dedetizar a casa. Pois algumas crianças tem alergias a picadas de insetos e com isso mesmo sendo uma aranha com um veneno não letal, pode ser perigoso.

      As aranhas que você realmente tem que se preocupar são essas dessa postagem:

      http://bio-orbis.blogspot.com.br/2013/12/aranhas-perigosas-do-brasil-e-sua.html

      Se aparecer alguma dessas, recomendo que a mate por precaução, depois leve para um especialista ou uma universidade para identificação.

      Todo cuidado é pouco, ainda mais com crianças.

      Abraços espero ter ajudado,

      Equipe BioOrbis.

      Excluir
  3. caso você encontre uma aranha em sua casa: a) se for na porta de entrada= convide-a para entrar; b) se ela já estiver no interior= cumprimente-a respeitosamente (de longe! nada de estender a mão!); c) se estiver na sua cama= pergunte quais são as intenções dela; c1= se ela quiser dormir, pergunte-lhe se ronca: caso afirmativo, ofereça um local dentro do banheiro ou do lado de fora da janela; c2= se bater os cílios langorosamente para você, durma no sofá da sala; e falando sério, matar uma aranha, nunca! você é mais inventivo que isso, e certamente encontrará uma saída civilizada que lhe permitira poupar a vida do bichinho que, afinal, mora no planeta há muito mais tempo que você, Macacão pelado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa observação. kkkkkk

      Agradecemos pelo comentário,

      Equipe BioOrbis.

      Excluir
    2. rsrsrs...ótimo comediante rsrsrsr

      Excluir
  4. Elizabeth Oliveira27 de abril de 2017 20:48

    Meu sobrinho mora em Cusco mo Peru e encontrou uma aranha que gostaria de identificar.Tenho uma imagem da aranha.Como devo proceder?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elizabeh Oliveira,

      Bom se ele não conseguir contato com alguma instituição, tal como universidades ou museus para a identificação da espécie, envie pra gente por e-mail (meiovidavida@gmail.com) que faremos o possível para tentar te ajudar na identificação.

      Grande abraço,

      Equipe BioOrbis.

      Excluir
  5. Apenas algumas correções, a aranha que aparece lá sobre as bananas não se trata de uma aranha-armadeira (Phoneutria nigriventer), mas sim de uma aranha da família Sparassidae talvez uma Polybetes sp. que não apresenta risco ao ser humano ainda que sua mordida seja bem dolorida. Quando fala sobre a aranha-marrom (Loxosceles sp.) dá a entender que existe apenas nos EUA, mas existem espécies no Brasil também e com um registro considerável de acidentes. E, apenas pra registrar, as aranhas que aparecem na última foto também não apresentam risco ao ser humano, ainda que assustem um pouco com suas longas pernas. Espero que não levem as mal as observações, mas geralmente blogs assim, coloridos e com informações curtas, são mais pesquisados pelo público leigo e não custa nada passar informações corretas né?! Abraço e bom trabalho ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Edna,

      Não, suas informações são de extrema utilidade pra nós. Sem vocês não acharíamos os erros.

      Nosso site está passando por uma grande reforma, muitos artigos prontos foram traduzidos de sites em inglês, no caso este, por isso estão passando por correções.

      Mas não se preocupe suas informações vão ajudar e muito mesmo.

      Fique de olho nesta postagem mesmo que vamos colocar suas correções.

      Agradecemos imensamente,

      Abraços:

      Equipe BioOrbis.

      Excluir
  6. Boa noite!
    Apos comer percebi que havia uma aranha pequena dentro,qual o risco corro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Barbara,

      Se você não comeu a aranha junto com o alimento não há risco algum. E mesmo se tivesse comido ela junto, nosso suco gástrico do estômago é bem ácido e provavelmente não teria perigo em caso de envenenamento pelo veneno da aranha.

      Agradecemos pelo comentário, um grande abraço.

      Equipe BioOrbis.

      Excluir
  7. Estou morando no DF numa parte muito arbórea e ave maria haja bicho peçonhento! Um dia desses eu senti uma centopeia subir no meu pé enquanto estava no banheiro, saí correndo e o bicho sumiu quando voltei. Hoje, novamente no banheiro, ouvi um barulho de algo atingindo o chão e vi uma aranha enorme, pisei sem dó duas vezes e infelizmente o bicho não morreu, tá lá no banheiro desnorteado e eu não sei o que fazer, era pra eu estar dormindo. Aff.

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho medo apenas da Armadeira. O fato dela poder pular em cima do ser humano, a torna mais perigosa. As outras só se eu for "pego de surpresa".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cesar Augusto,

      Realmente, das 3 espécies, a Armaderia é a mais agressiva e tem essa habilidade de pular. Mas o veneno das outras não fica pra trás.

      Agradecemos pelo comentário, um grande abraço.

      Equipe BioOrbis.

      Excluir