Super ratos

Roedores mutantes gigantes são imunes a veneno e estão se espalhando rapidamente.

Fonte da imagem: Pet friends

VAMOS DESCOBRIR...

Nas profundezas dos esgotos das cidades grandes, uma nova raça de ratos mutantes e imunes à veneno está surgindo e se espalhando rapidamente.

Os cientistas já começaram traçar sua invasão em novas comunidades por conta do monitoramento de seus progressos em 17 municípios do Reino Unido.

Fonte da imagem: filosofiaimortal.

Os testes genéticos feitos pela Universidade de Huddersfield revelaram que os roedores têm desenvolvido uma mutação que lhes permitiu resistir a venenos convencionais, ficando cada vez maiores. Um rato com 60 centímetros foi capturado na cidade de Cornwall, no Reino Unido.

Enquanto os ratos foram mudando, os seres humanos usam o mesmo veneno que usavam  em 1950. A pesquisa alerta que, se não for contido, esse bando de ratos mutantes irá se espalhar ainda mais, chegando à proporção de 2:1 humano já no próximo ano. "Acho que as pessoas devem se preocupar com esses ratos resistentes por causa da questão da saúde pública, porque eles carregam várias doenças, bactérias e vírus”, afirma Dougie, um dos pesquisadores. “Eles também danificam construções, que pode custar bilhões de reais em danos em todo o mundo”.

Fonte da imagem: filosofiaimortal.

Os raticidas são controversos, devido ao envenenamento secundário e aos riscos para as crianças, os animais de estimação e selvagens. É difícil matar roedores com venenos, pois seus hábitos alimentares são de catadores. Ou seja, eles vão comer um pequeno pedaço e esperar para ver se ficam doentes. Caso não fiquem, continuam a comer. Por isso, um raticida eficaz deve ser insípido e inodoro, colocado em concentrações letais, e ter um efeito retardado.

Os fármacos mais conhecidos são divididos em duas gerações: a primeira consiste em varfarina e cumatetralil; já a segunda, difenacoum, brodifacoum, bromadiolone e flocumafena. Porém, os ratos estão cada vez mais resistentes a todos.

Fonte da imagem: filosofiaimortal.

Controladores de pragas estão alertando para a ideia de aprovar uma terceira geração de veneno mais forte para lidar com o crescente problema de super ratos. A decisão sobre essa futura regulamentação está prevista para este ano.

Ratos podem se multiplicar em uma velocidade absurda, principalmente em tempos úmidos. O grande problema envolvido em uma super população é o risco de sérias doenças que podem ser transmitidas aos seres humanos.

Referência: Jornal Ciência

E NÃO DEIXE DE SEGUIR NOSSAS INCRÍVEIS COLEÇÕES NO GOOGLE+, É SÓ CLICAR NAS IMAGENS ABAIXO PARA ACESSAR OS LINKS:

 https://plus.google.com/collection/YLgT0 https://plus.google.com/collection/8ZnoQB https://plus.google.com/collection/YU0mQB

5 comentários:

  1. Uilmara Machado de Melo Gonçalves19 de outubro de 2016 22:20

    SANTA MARIA!!!!!!! Que resolvam logo este problema, pois morro de medo destes bichos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk Realmente é um problema grave, pois esses animais já são resistentes naturalmente, agora isso. Estamos em apuros se não resolver.

      Grande abraço,

      Equipe BioOrbis.

      Excluir
  2. O ataque do rato mutante e agora quem poderá nos salvar

    ResponderExcluir
  3. O ataque do rato mutante e agora quem poderá nos salvar

    ResponderExcluir
  4. A vantagem é que quanto maior for mais difícil fica de se esconder. Tem que matar a paulada ou facão!

    ResponderExcluir