Arte com cumbucas

Vocês conhecem ou já ouviram falar em cumbucas? Ou melhor na árvore da sapucaia? Bem se não vamos ver um pouco sobre ela e também como fazer vasos para suas plantas com os frutos que elas produzem.

 http://www.bioorbis.org/2018/07/artesanato-cumbucas-plantas.html
Pequenos cactus (Mammillaria gracilis) em uma pequena cumbuca. Foto: Cleverson Felix

VAMOS APRENDER...

Neste post mostraremos um pouco sobre a árvore sapucaia e um passo a passo de como fazer vasos para plantas através das cumbucas.

A ÁRVORE DA SAPUCAIA


A sapucaia (Lecythis pisonis) (Figura 2) é uma árvore brasileira, também conhecida como sapucaieira, cumbuca-de-macaco, quatetê e cabeça-de-macaco. É uma árvore imponente que pode chegar a 30 m de altura por um metro de diâmetro. Sua semente é chamada de castanha-de-sapucaia.


sapucaia
Figura 2. A magnífica árvore Sapucaia na sua época de floração. Fonte da imagem: pinterest.

Pertencente à família das Lecitidáceas (a mesma do jequitibá) a Sapucaia é endêmica da Mata Atlântica. Além de ter suas sementes comestíveis, é cultivada também por ser uma planta ornamental, linda que dá flores rosa-lilases (Figura 3).


sapucaia
Figura 3. As lindas e maravilhosas flores da sapucaia. Fonte da imagem: flickr por Flávio Cruvinel Brandão.

O nome "Sapucaia" tem origem no termo tupi ïasapuka'i, que significa "fruto que faz saltar o olho". O responsável por sua disseminação (reprodução da espécie) é o morcego Phyllostomus hastatus (talvez também outros morcegos frugívoros) que se alimentam de suas sementes (Figura 7).

OS FRUTOS DA SAPUCAIA: AS CUMBUCAS


As sapucaias e seus frutos, nativos da terra, já eram bastante conhecidos e aproveitados pelas populações que habitavam o Brasil na época da chegada dos primeiros europeus, no século XVI. Estes, por sua vez, sentiram-se atraídos pelas qualidades da planta – útil, exótica e ornamental – e impressionaram-se com suas peculiaridades.


Sapucaia
Figura 4. Uma cumbuca solitária em meio a linda floração da sapucaia. Fonte da imagem: avesarvores.

Suas folhas caracteristicamente róseas (Figura 4) quando jovens, verdes posteriormente formam um maciço de coloração lilás arroxeada.



Quando chega a época da floração, verdadeira festa para as abelhas, a sapucaia se transforma: todo o verde da árvore fica encoberto por uma capa cor-de-rosa, um belo espetáculo propiciado pela conjunção das flores arroxeadas e cheias de aroma perfumado, que tomam a copa da árvore com as folhas novas, que também nascem coloridas de rosa ou lilás.


cumbucas
Figura 5. As cumbucas ainda fechadas. Fonte da imagem: saudedr.

cumbucas
Figura 6. As cumbucas já abertas sem as castanhas. Fonte da imagem: arvoresdesaopaulo.

Florescem de setembro a outubro. Os frutos são arredondados (Figura 5), com casca rígida e espessa de coloração castanha. Quando maduros abrem-se na porção inferior, através de uma característica “tampa”, liberando as sementes (castanhas) comestíveis e saborosas. Frutifica nos meses de agosto a setembro. Os frutos levam cerca de dez meses a atingir a maturação (agosto ou setembro) depois da floração que ocorre logo a seguir, em outubro.



AS SEMENTES COMESTÍVEIS


As amêndoas aromáticas e oleaginosas (Figura 7) da sapucaia podem ser consumidas cruas, cozidas ou assadas, constituindo-se em excelente alimento. Podem substituir, em igualdade de condições, as nozes, amêndoas ou castanhas comuns europeias, prestando-se como ingrediente para doces, confeitos e pratos salgados.


Figura 7. As famosas castanhas da sapucaia. Fonte da imagem: arvores.brasil.nom.

Vazios, os receptáculos das amêndoas são transformados pelo homem em objetos de uso e de ornamento: cumbucas, caçambas, vasos, potes, pratos, marmitas e o que mais for preciso.

COMO CRIAR UM VASO DE CUMBUCA?


O primeiro passo para começar a fazer um vaso de cumbuca é conseguir pegá-las. Como foi dito acima, são árvores bem grandes, com cerca de 30 m de altura. Então claro que você não vai dar um de macaco e subir pra pegá-las.

cumbucas
Figura 8. Cumbucas pegas no chão da floresta. Foto: Cleverson Felix

Bom, para evitar isso, nós pegamos aquelas cumbucas que já estão no chão. Ou seja após ela "estourar", que no caso ela solta as sementes (as castanhas), ou algum animal que já comeu e conseguiu tirá-la da árvore e ela caiu no chão. Mas tome cuidado, muitas vezes quando achei cumbucas no chão estavam já bastante deterioradas pela decomposição ou até mesmo infestadas de formigas e cupins.



Então, quando achar a árvore sempre veja se algumas delas caiu recentemente. Da para você ver pela coloração. As mais novas tem uma tonalidade de marrom bem clara, já as mais velhas tem uma cor bem escura quase preta.

PASSO A PASSO


Sem mais delongas, vamos ao passo a passo:

1º PASSO - LIMPAR E LIXAR


É recomendável a limpeza dela total por dentro e fora. Como dito antes pode ter algum inseto, ou até mesmo partes já apodrecidas.

cumbuca
Figura 9. Lixando uma pequena cumbuca. Foto: Cleverson Felix

Para conseguir lixar uma cumbuca recomendamos usar uma lixa bem grossa. Lixe bem pelo lado de fora. Se você quiser deixar ela com um tom mais rústico não lixe muito, mas se for de seu agrado pode lixar bem até deixá-la bem lisa.



2º PASSO - FURAR O FUNDO


Para fazer um furo no fundo, onde no qual a água possa passar e não se acumular, utilizamos um martelo e uma ferramenta pontuda.

cumbuca
Figura 10. Fazendo furos para escorrer a água. Foto: Cleverson Felix

No caso fazemos em média de 2 a 3 furos, pois as cumbucas tem tamanhos diferentes, de pequenos a bem grandes, então o fundo dela varia.

3º PASSO - PASSAR VERNIZ


Bom aqui vem uma etapa que ficará a critério de vocês. Passamos verniz por dois motivos, para manter a durabilidade das cumbucas e também deixar ela com mais brilho. A cor do verniz que utilizamos foi a incolor e uma de cor de madeira, mas isso também fica a seu critério.

cumbuca
Figura 11. Passando verniz após lixar. Foto: Cleverson Felix

Pode passar somente pelo lado de fora da cumbuca, mas também já passamos do lado de dentro, ai também fica a critério de cada, pois como veremos nos próximos passos que talvez a terra em contato com o verniz posa matar a planta.

4º PASSO - FINALIZAR A SEU MODO


Para finalizar para deixá-la bem bonita, como dito antes você pode optar a passa ou não passar o verniz. De duas ou três mãos de verniz ela já ficará com uma cor bastante bonita.

cumbucas
Figura 12. Cumbucas finalizadas. Foto: Cleverson Felix

Entre as mãos que você for passar deixe secar bem, deixamos normalmente de um dia para o outro, colocando bastante ao sol. Mas geralmente a cumbuca chupa bem rápido o verniz, mas recomendamos que deixe secar bem.

5º PASSO - O QUE PLANTAR?


Essa é uma etapa crucial para sua arte com cumbucas. Tentamos muitos tipos de plantas, de orquídeas a trepadeiras. A maioria dessas morreram. Pode ter sido pelo verniz passado internamente, ou mesmo sendo por causa da própria cumbuca.

Cactus-suculentas
Figura 13. Cactus e suculentas nas cumbucas. Foto: Cleverson Felix.

Então que enfim decidimos plantar cactus e outras plantas suculentas,  que no qual o resultado foi positivo. Mesmo nas cumbucas envernizadas por dentro e as que foram só envernizadas por fora, as plantas estão vivas e saudáveis até hoje.



A terra para se colocar também ficará seu critério. Pode ser terra vegetal ou terra mesmo de seu jardim. Como utilizamos os cactos para o plantio, fizemos uma mistura com terra e areia, que por sinal deu um resultado bastante proveitoso para os cactos.

6º PASSO - ONDE COLOCAR?


Essa etapa vai depender da sua criatividade. Se mora em apartamentos pode colocar na janela ou na grade (foto abaixo). Em casa pode tentar fixá-la em uma árvore, ou no telhado da sua varanda.

Sansevieria trifasciata
Figura 14. Espada-de-São-Jorge (Sansevieria trifasciata) na cumbuca. Foto: Cleverson Felix

Para fixá-las em locais suspensos, recomendamos dois pregos nas laterais. Mas isso também dependerá de onde você vai querer colocá-la.

Opuntia microdasys
Figura 15. Cacto orelha-de-coelho (Opuntia microdasys) em uma cumbuca. Foto: Cleverson Felix

E com um arame envolto aos dois pregos você pode pendurá-la na grade da sua janela, na sua varanda e apreciar e cuidar bem das suas plantinhas.

Esperamos que tenham gostado. Deixem nos comentários dúvidas e sugestões.

E se quiserem ver em versão vídeo, veja este de nosso canal:


NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR NOSSO CANAL E DEIXAR AQUELA CURTIDA.

Referências
greenme. cachacasapucaia.

E NÃO DEIXEM DE SEGUIR NOSSAS COLEÇÕES NO GOOGLE PLUS:

 https://plus.google.com/collection/cbjdQB https://plus.google.com/collection/Q5LvSB https://plus.google.com/collection/slsfQB

Nenhum comentário:

Postar um comentário