Orquídeas: o que são, como vivem e como cultivá-las

As orquídeas pertencem a ordem Asparagales, uma família muito extensa de plantas. Então vamos conhecer mais um pouco sobre elas.

 https://www.bioorbis.org/2019/01/orquideas-cultivo-plantar.html
Uma linda orquídea branca.

VAMOS DESCOBRIR...

ORQUÍDEAS, PLANTAS MARAVILHOSAS


Com mais de 35000 espécies e centenas de milhares de híbridos, as orquídeas se tornaram muito diversificadas com o passar do tempo. Atualmente elas estão em quase todos os continentes, não aparecendo apenas na Antártida.

Uma das grandes características dessas plantas é a grande beleza de suas flores. Graças a isso, milhões de cultivadores do mundo inteiro buscam ter orquídeas enfeitando suas casas e jardins.



Essas flores podem ser de diversas cores, tamanhos, formatos e também podem possuir aroma, alguns agradáveis e outros nem tanto.

ESPÉCIES DE ORQUÍDEAS


Com esse número gigantesco de espécies (35000) foi necessário criar subgêneros para que a classificação e a identificação dessas plantas pudessem ser mais fáceis.

Dessa maneira, foram criados os gêneros de orquídeas.

Phalaenopsis-orquídea
Figura 2. Uma orquídea do gênero Phalaenopsis.

Atualmente estima-se que existam cerca de 1800 gêneros de orquídeas e dentre esses gêneros alguns se destacam e, por isso, são mais famosos entre os cultivadores de orquídeas.

Alguns dos gêneros mais famosos são:

- Phalaenopsis (Figura 2)
- Vanda
- Cattleya
- Cymbidium
- Oncidium
- Paphiopedilum
- Dendrobium

Esses são gêneros em que a grande maioria de suas orquídeas são de simples cultivo e, podem ser encontrados facilmente em lojas comerciais.



CLASSIFICAÇÃO DAS ORQUÍDEAS


As orquídeas podem ser classificadas de várias formas, mas a maneira principal é pelo habitat onde vivem. Ao todo existem 5 classificações, mas aqui vamos abordar apenas as 3 principais. Pois, as orquídeas humícolas e saprófitas são muito raras na natureza.



A primeira classificação são as orquídeas epífitas, elas são plantas que vivem em cima de árvores, se apoiando em seus troncos.

orquídea-branca
Figura 3. Uma linda orquídea branca.

É importante saber que essas orquídeas não são parasitas, elas apenas se apoiam nas árvores. A grande maioria das orquídeas cultivadas são epífitas.

Em segundo lugar, orquídeas terrestres, essas são aquelas orquídeas que podem ser plantadas no chão.



Lembre-se disso, apenas orquídeas terrestres podem ser plantadas no chão. As orquídeas terrestres normalmente são encontradas em locais com bastante materiais orgânicos no solo, dessa maneira, elas conseguem uma adubação natural.

E por último, as orquídeas litófitas que são aquelas orquídeas que nascem em materiais orgânicos no meio de pedras.

orquídea-lilás
Figura 4. Uma maravilhosa orquídea lilás.

Essas são pouco comuns e se você for um cultivador, provavelmente nunca vai ver uma orquídea litófita.



Elas normalmente são plantas de pequeno porte e não são facilmente encontradas em feiras ou locais de vendas de orquídeas.

COMO COMEÇAR A CUIDAR DE ORQUÍDEAS


O cultivo de orquídeas é algo bem simples na maioria dos casos, o que muitas pessoas acabam sofrendo é com a falta de informação.

Se você não souber como fornecer os requisitos básicos para suas plantas, elas não vão sobreviver.

orquídea-amarela
Figura 5. Uma orquídea amarela.

Por exemplo, um ser humano não consegue sobreviver se ficar 10 dias sem tomar água, mas também pode morrer se tomar muitos litros de água por dia.



Isso também ocorre com as orquídeas, você têm que fornecer os seguintes fatores da maneira correta:

- Adubação
- Rega
- Iluminação
- Temperaturas
- Ventilação
- Umidade

E, se possível, você também deve conhecer as principais pragas e doenças e principalmente saber combatê-las e evitá-las.



Caso você queira saber mais sobre o cultivo de orquídeas, eu recomendo que acesse esse artigo [https://orquideasblog.com/como-cuidar-de-orquideas/].

Postagem por Thiago Leopoldino Ferreira



Para finalizar veja um vídeo do canal Cura Verde, sobre ORQUÍDEAS ➜ Como Plantar ORQUÍDEA em Casa e Fazer Ela Dar FLOR Super Rápido:


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.