Contribuição ao conhecimento ornitológico da campanha gaúcha

Este artigo que vamos apresentar foi produzido por Iury Almeida Accordi na Campanha Gaúcha.


Os Campos Sulinos. Fonte da imagem: Wikipédia/Fernando Barcellos - Obra do próprio


O autor do estudo, Iury Almeida Accordi, apresentou um registro de 182 espécies de aves, detectadas durante seu trabalhos de monitoramento de aves cinegéticas na Campanha Gaúcha nos anos de 1997  a 2000. Oito espécies se encontram ameaçadas de extinção no Rio Grande do Sul, realçando a importância da conservação dos habitats naturais remanescentes da região (campos, matas ciliares, áreas úmidas e parque Espinilho).


A Campanha Gaúcha se insere como uma sub-região dentro do Bioma Campos Sulinos. A primeira grande contribuição ao conhecimento ornitológico da Campanha Gaúcha foi dada por Belton, que percorreu a região entre 1970 e 1983 e também compilou registros de terceiros, relacionando a ocorrência de 356 espécies para a região. Belton, apontou algumas áreas ornitologicamente importantes na Campanha Gaúcha, como o parque Espinilho, o rio Ibirapuitã, Garruchos e o banhado São Donato.


Os Campos Sulinos (extensões de campo existentes do norte do Paraná ao sul do Rio Grande do Sul) receberam um importante impulso conservacionista com o Projeto de Conservação e Utilização Sustentável da Diversidade Biológica Brasileira (PROBIO), criado no lastro de iniciativas governamentais impulsionadas pela ECO-92.


Este arito foi publicado na revista ATUALIDADES ORNITOLÓGICAS N. 112 – Março/Abril de 2003 – Página 12. Quer ler o artigo na íntegra? Então acesse o PDF no link abaixo:


CONTRIBUIÇÃO AO CONHECIMENTO ORNITOLÓGICO DA CAMPANHA GAÚCHA


E não deixe ver mais também aqui no nosso site outros artigos científicos:


Nenhum comentário:

Imagens de tema por andynwt. Tecnologia do Blogger.