Mamíferos podem ter dormido durante a extinção dos dinossauros?

Será mesmo que os nossos ancestrais se salvaram do mesmo destino dos dinossauros apenas dormindo? Vamos ver o que descobriram sobre um pequeno mamífero chamado Tenrec.

https://www.bioorbis.org/2014/11/mamiferos-podem-ter-dormido-durante.html
O pequeno mamífero de Madagascar, o Tenrec (Tenrec ecaudatus). Fonte da imagem: Australian Geographic.

VAMOS DESCOBRIR...


✅ Canal no Youtube | Inscreva-se AGORA ✅ 
 https://www.youtube.com/channel/UCdjF1j_jYXGznBq955YWDoQ


OS PEQUENOS MAMÍFEROS DE MADAGASCAR, OS TENRECS


Os Tenrecs de Madagascar são os primeiros mamíferos tropicais conhecidos com capacidade de hibernar por longos trechos sem acordar.

Os mamíferos são capazes de feitos incríveis enquanto estão hibernando, podem retardar o envelhecimento para ter relações sexuais. Mas os animais que hibernam geralmente vivem em regiões temperadas e entrar em um torpor em condições frias de inverno, a fim de economizar energia. O tenrec é o primeiro mamífero tropical encontrado conhecido que consegue hibernar por longos períodos sem excitação.

O tenrec comum (Tenrec ecaudatus, veja na imagem da entrada da postagem) é um mamífero indescritível, pesando cerca de 2 kg, e é encontrado nas florestas de Madagascar. Ele se alimentam de insetos, é considerado um fóssil vivo a partir do Cretáceo Superior, mais de 66 milhões de anos atrás, segundo o Dr. Barry Lovegrove, fisiologista evolutivo da Universidade de KwaZulu-Natal, na África do Sul, principal autor do estudo publicado na revista Proceedings of the Royal Society B.



Os resultados deste estudo sugerem que os mamíferos pré-históricos podem ter usado o modo de hibernação, como forma de dormirem com segurança através do evento de extinção em massa que dizimou os dinossauros e outros animais naquela época.




O estudo sobre os tenrecs


No estudo, 15 tenrecs foram marcados com rádio-transmissores e medidores de temperatura, o que permitiu aos pesquisadores registrar o quanto esses animais dormiam e as variações de sua temperatura corporal.

Depois de acompanhar os animais durante um período de dois anos, os pesquisadores descobriram alguns resultados extremos. "Um macho adulto hibernado durante nove meses, até que foram obrigados a desenterrá-lo, porque as baterias do transmissor de rádio estavam morrendo", comentou Barry.

Esse longo período de hibernação é um achado excepcional em mamíferos tropicais, diz Barry. "Mas o que era totalmente original sobre a hibernação foi que não foi uma vez interrompido por uma excitação que é visto em todos os hibernadores temperados". Os períodos de vigília, é um padrão geralmente visto em mamíferos e pode ter evoluído para ajudar um organismo restaurar desequilíbrios metabólicos.



Enquanto os dados da temperatura corporal é um indicador indireto de ciclos de sono e vigília, medir o metabolismo seria fornecer uma imagem mais clara do sono dos tenrecs, segundo o Dr. Sandy Martin, um biólogo da Universidade de Colorado School of Medicine, nos EUA. "Vai ser importante realmente medir taxas metabólicas durante este período de hibernação prolongada em tenrecs em experimentos futuros".

A pesquisa também sugere que as estratégias de sono de mamíferos pode ser mais sutil do que atualmente pensava. "Eu acho que 'flexibilidade metabólica" [a capacidade de reduzir o metabolismo durante longo tempo] é muito mais difundido em mamíferos do que havíamos apreciado ", comenta Sandy. "Nós temos, até muito recentemente, tentar colocar todos os mamíferos, com a exceção de hibernantes, em duas ou três caixas, quando na verdade um continuo de flexibilidade metabólica".




A estratégia de sobrevivência simples: Hibernação


Por volta de 65.500 mil anos atrás, um meteorito caiu na Terra em Chicxulub, no México, causando uma dos maiores extinções em massa do mundo, cobrindo a Terra com uma grande cortina de fumaça impedindo a luz do sol entrar na Terra por vários anos, dizem teorias, e com isso matando todas as grandes criaturas terrestres e plantas.




Esse período, conhecido como o limite Cretáceo-Palaeogeno (K-Pg), representa um ponto de viragem para muitas espécies. Enquanto a maioria dos dinossauros desapareceram, os mamíferos começaram a florescer. No entanto, até recentemente, era apenas especulado como os mamíferos sobreviveram ao impacto de um asteroide e o ambiente inóspito que se seguiu.

"Para hibernar por nove meses, e talvez até mais, sem uma vez a necessidade de despertar, pode explicar como os mamíferos sobreviveram à devastação ecológica de um ano, que ocorreu em todo o planeta, quando o meteorito se chocou com a Terra", comenta Barry. A nova descoberta também tem implicações potenciais para além do mundo dos tenrecs.

Com esse estudo pode ajudar identificar estudos futuros 'on' e 'off' interruptores metabólicas encontrados dentro de fisiologia humana, diz Barry, que é "uma informação extremamente útil para que se possa ser usado para induzir hipotermia em procedimentos médicos que envolvem cirurgia geral , traumas, acidentes vasculares cerebrais, e asfixiado recém-nascidos. Além disso, pode fornecer as informações necessárias para induzir um estado de hibernação em astronautas para a viagem de nove meses a Marte ".

Espetacular como um pequeno mamífero possa ajudar a desvendar mistérios do passado e ajudar em pesquisas futuras.

Referências
POUGH, F. Harvery; JANIS, Christine M; HEISER, John B. A vida dos vertebrados. Atheneu Editora São Paulo, 2006.
KARDONG, Kenneth V. Vertebrados, Anatomia Comparada, Função e Evolução. Editora Roca LTDA, 2011. 10-3668. CDD: 596. CDU: 597/599.
Sites: Australian Geographic.

4 comentários:

Tecnologia do Blogger.