Quais são os problemas e doenças causadas pela poluição do ar?

Com a poluição do ar, tem proliferação de fungos, bactérias e vírus, e muitos desses microrganismos tem potencial de doenças graves.

 http://www.bioorbis.org/2015/08/as-principais-doencas-causadas-pelo-ar.html
Poluição causa por emissão de CO2 no ar de uma grande cidade. Fonte da imagem: pixabay.

VAMOS DESCOBRIR...

 https://www.youtube.com/channel/UCdjF1j_jYXGznBq955YWDoQ?sub_confirmation=1

A poluição do ar é particularmente grave nos grandes centros urbano-industriais, como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e outros. Consiste na emissão de vários gases (dióxido de carbono, dióxido de enxofre, metano) e de material particulado (poeira, fuligem), principalmente motorizados (COELHO, 2002).

Veja também:





A POLUIÇÃO DAS INDÚSTRIAS


Nas indústrias (Figura 2), a obrigatoriedade do uso de filtros e o aumento da fiscalização possibilitaram uma significativa redução da poluição, principalmente em São Paulo. Rio de Janeiro e Belo Horizonte continuam apresentando os níveis muito elevados de poluição.

A POLUIÇÃO PELOS VEÍCULOS AUTOMOTORES


Para os veículos, a principal medida adotada até o momento pelo governo foi a que obrigou as montadoras a instalar filtros catalisadores nas unidades produzidas a partir de 1992.


EFEITOS NEGATIVOS E PERIGOSOS DA POLUIÇÃO DO AR


Os efeitos nocivos da poluição atmosférica são inúmeros: efeitos estufa, chuvas ácidas (precipitação de gotas de água carregadas de substâncias ácidas), névoa densa, destruição da camada de ozônio, danos à vegetação e à humanidade. Nos seres humanos, os mais comuns são o agravamento das doenças pulmonares, como veremos a seguir.


PRINCIPAIS DOENÇAS CAUSADAS PELO AR


As doenças respiratórias podem atingir as pessoas através da poeira, pelos de animais, fumaça, odores e perfumes que atuam como agentes alérgicos. Além disso, a poluição do ar também contribui para a causa dessas doenças, ao passo que prolifera partículas e fungos tóxicos. Dentre as doenças respiratórias algumas delas são:

1 - SARAMPO 


Figura 2. Sarampo. Fonte da imagem: pensamentoverde.

Provocado pelo vírus Morbilivírus, o seu contágio é por meio de saliva ou secreções respiratórias das pessoas. Os sintomas são manchas avermelhadas pelo corpo, febre, tosse, mal estar, conjuntivite, perda de apetite e coriza. Para recuperação, é necessário repouso, alimentação leve e muito líquido.



2 - BRONQUITE ASMÁTICA 


Figura 3. Bronquite asmática. Fonte da imagem: pensamentoverde.

Também chamada de Bronquite Alérgica, é dada por conta da inflamação dos brônquios, ramificações do pulmão onde o ar passa.

Causada por alergias, pode ser curada quando o agente alérgico for identificado e o medicamento agir no pulmão para desinflamar a região acometida, facilitando a passagem do ar. Seus sintomas são: dificuldade para respirar, tosse com catarro, boca e ponta dos dedos arroxeados.

3 - ASMA


Causa inchaço e estreitamento das vias do pulmão havendo dificuldade respiratória, falta de ar, aperto no peito e tosse. Para as pessoas que têm asma, a poluição é um agravante; e para quem não tem, a exposição excessiva às áreas poluídas pode desencadear a doença.


4 - CÂNCER DE PULMÃO 


Pessoas que cresceram em áreas de grande poluição estão mais propensas a desenvolver esse tipo de doença. O acúmulo de partículas pode dar origem a um broto canceroso, o início da doença no corpo do paciente. É comprovado que a poluição aumenta e risco de câncer, tanto quanto o fumo passível.

Em todos os casos é fundamental a procura de um médico para um diagnóstico correto. Além disso, a automedicação é arriscada, visto que para cada doença existe uma medicação específica e controlada por receita médica.

Referências 
COELHO, Marcos de Amorim. Geografia do Brasil, Espaço natural, territorial e socioeconômico brasileiro. Terra Soares, 5ª edição, São Paulo: Moderna, 2002.
Sites: Pensamento Verde.

Nenhum comentário:

Imagens de tema por konradlew. Tecnologia do Blogger.