As vespas parasitas controladoras de aranhas

Você sabia que tem uma espécie de vespa que transformam aranhas em escravas zumbis? Para que suas larvas se desenvolvam dentro delas.


https://www.bioorbis.org/2015/09/vespas-controladoras-de-aranhas.html
A pobre aranha (Cyclosa argenteoalba) parasitada pela vespa Reclinervellus nielseni - Fonte da imagem: Science

VAMOS DESCOBRIR...

✅ Canal no Youtube | Inscreva-se AGORA ✅ 
 https://www.youtube.com/channel/UCdjF1j_jYXGznBq955YWDoQ

As larvas da vespa parasita Reclinervellus nielseni (veja na Figura 2), transformam as aranhas, Cyclosa argenteoalba (veja na imagem acima), em hospedeiras, para modificar a estrutura da teia em um "casulo" mais resistente para que as larvas possam se desenvolver com segurança após a morte de aranha, segundo uma equipe de cientistas liderados pelo Dr. Keizo Takasuka da Universidade de Kobe no Japão.

Antes veja também mais postagens nossa sobre vespas e zumbis:





O PROCESSO DO PARASITISMO DA VESPA


As aranhas parasitadas Cyclosa argenteoalba, produzem vários estilos diferentes de teias ao longo de suas vidas, tais como as teias 'esfera' quando ela espera a caça no meio da teia, cada uma produzido por um conjunto específico de comportamentos.

No entanto, não ficou claro qual dos padrões de comportamento dessa aranha e os tipos de teias que o parasita da vespa, a vespa Reclinervellus nielseni, foi se adaptar aos seus próprios fins, até Dr Takasuka e co-autores investigaram como a larva de vespa manipula o seu hospedeiro.


Figura 2. A vespa parasita Reclinervellus nielseni. Fonte da imagem: TheGuardian.

Em seu estudo, os cientistas descobriram que a larva da vespa força seu anfitrião para construir um modificado e reforçado descansando de teia antes dirigindo-os de volta para o centro da teia para construir um casulo.

Em primeiro lugar, a equipe do Dr. Takasuka recolheram aranhas com suas teias e larvas dos parasitas. Eles então analisaram as teias em casulo da aranha Cyclosa argenteoalba e ficaram impressionados com sua semelhança com as teias de descanso, completas com estruturas decorativas macias.



UM COMPORTAMENTO SIMILAR


E quando a equipe analisou o comportamento das aranhas, como elas construíram as teias casulo durante um período de 10 horas (veja na Figura 3), eles viram que as aranhas manipuladas sempre construíam a nova teia no mesmo modelo da antiga teia esfera, cuidadosamente removem a espiral pegajosa em primeiro lugar, em seguida, reforçando radial e quadros tópicos e, em seguida, adicionam as decorações de teias fibrosas.

Figura 3. Tipos de teia construída por Cyclosa argenteoalba, da esquerda, no sentido horário: teia orbe normal; teia com uma aranha descansando (no detalhe) um pouco longe do centro; teia orbicular normal construído por uma aranha parasitada por Reclinervellus nielseni na véspera de ser manipulado pela larva da vespa; casulo de teia construído pela mesma aranha como na imagem anterior, onde a inserção mostra close-up da aranha parasitada. Barras de escala - 5 cm. Crédito da imagem: Keizo Takasuka et al.

E, quando a teia é completa e a larva da vespa feito o seu escravo aranha, a larva dirigi a aranha para voltar ao cubo da teia antes de matá-la.

"Então, as teias casulo parecem locais de descanso, mas eles são verdadeiros adaptadores da teia mais convencional? Nós fotografamos o teias à luz UV e ficamos impressionados ao ver as decorações fibrosas brilhando, para dissuadir outros insetos inadvertidamente tropeçando em no berçário da pupa ", disseram os cientistas.


A FORÇA DAS TEIAS DAS ARANHAS


Quando os pesquisadores investigaram a força dos diferentes tipos de seda que contribuem para a estrutura da teia, eles ficaram surpresos ao ver que o casulo foi significativamente mais resistente do que o orbe e descansando: a força de ruptura do raio casulo e quadro sedas foi de 2,7 a 40 vezes maior do que para o orbe e descansando.

No entanto, o stress da quebra das sedas não aumentou significativamente, levando os cientistas a suspeitar de que, em vez de forçar as aranhas para alterar a produção de seda, as vespas direcionam as aranhas para estabelecer mais fibras para reforçar o casulo, que é essencialmente um reforço de teia.

"A construção da teia é desencadeada pelos mesmos hormônios que controlam de muda e eu suspeito que a larva da vespa pode injetar uma substância semelhante a um hormônio de muda para a aranha durante os últimos estágios de sua estadia, pronto para disparar o casulo construindo a teia quando a larva é colocada ", disse o Dr. Takasuka, autor principal de um artigo publicado no Journal of Experimental Biology.

Referências 
EDITORE, Alberto Peruzzo. Autênticos insetos de coleção. Insetos, aracnídeos e outros artrópodes. A natureza de 1000 formas e cores, 2008.
Sites: Sri-News.com

Um comentário:

Imagens de tema por konradlew. Tecnologia do Blogger.