Como cultivar samambaia: como escolher vasos, solos e mais!

Controle de umidade e temperatura são essenciais para o bem-estar da samambaia. Mas, não é só isso. Existem 7 passos a serem seguidos.


Foto de Sasha Kim no Pexels


VAMOS DESCOBRIR...


✅ Canal no Youtube | Inscreva-se AGORA ✅


VOCÊ SABE COMO CULTIVAR UMA SAMAMBAIA?

 

Mesmo sem possuir flores, a samambaia encanta a todos. Ela é uma planta típica de climas tropicais, e é possível encontrar vários tipos dessa espécie que faz parte do grupo de pteridófitas. É uma ótima aposta de decoração para os ambientes, seja de casa ou comércio.

 

Por serem plantas que são comercializadas em substratos - produtos utilizados para substituir a terra - é necessário ter um cuidado específico para que ela possa sobreviver, caso contrário, sem nutrientes e retenção de umidade, elas não conseguem ficar vivas por mais de 30 dias.

 

Se você adquiriu uma samambaia ou está pensando em ter uma, mas ainda não sabe como cuidar, fica tranquilo que a gente te ajuda. Neste artigo, vamos apresentar os tipos existentes e ensinar você a como cultivar samambaias.


Leia também:

 

COMO CULTIVAR SAMAMBAIA?

 

A primeira coisa que você precisa saber sobre como cultivar samambaia é que o processo é dividido em 7 etapas. E, alguns desses passos, acontecem antes mesmo de você adquirir a planta. Os demais, são outros pontos que precisam ser realizados para manter a beleza da samambaia.


Escolha o vaso da samambaia

 

Apesar de poder ser colocada em qualquer vaso, é preciso se atentar a um ponto importante na hora de escolher o seu, porque as samambaias precisam de umidade em suas raízes para que sobrevivam. Por essa razão, ao escolher o local em que ela irá ficar, verifique se o espaço não retira a umidade das raízes da planta.

 

Uma dicas, se optar por escolher um vaso feito de cerâmica, passe um impermeabilizante interno, dessa forma, você está evitando que o vaso absorva a umidade da terra e desidrate as raízes das plantas. 


Solo ideal para samambaias

 

A escolha correta da terra para colocar a samambaia é de suma importância no processo de cultivo. Isso porque são plantas exigências quanto à umidade. Por essa razão, o mais recomendável é que faça o uso de um condicionador de solo “Classe A” durante o plantio.

 

Esse produto é benéfico para a planta, porque, além de ser um material orgânico, ele também possui uma alta capacidade de retenção de água, o que possibilita que a samambaia continue saudável e com crescimento radicular e foliar.


Rega da samambaia

 

Já deu para perceber que a umidade é o que mais marca a samambaia. Por essa razão, a rega dessa planta não poderia exigir algo diferente da necessidade de sempre precisa estar úmida, ou seja, sempre irrigue-a. Entretanto, cuidado com esse processo, porque, quando colocado em excesso, pode prejudicar a planta.

 

Além de ser um fator para a sobrevivência da planta, essa irrigação precisa acontecer para evitar que ela fique amarelada com o tempo e as folhas sequem rapidamente.


Clima ideal para samambaia

 

As samambaias são plantas que não suportam o frio, mas, o calor em excesso também não faz bem para elas. Por isso, a temperatura ideal para esse tipo de planta fica na faixa de 15 a 21ºC.

 

Caso você more em uma região mais fria e mesmo assim queira ter essa planta em casa, você vai precisar achar uma maneira de mantê-la “aquecida”. Uma opção para esse momento é colocar a samambaia no banheiro, pois o calor do chuveiro aumenta a temperatura do ambiente. 


Adubação da samambaia

 

Os nutrientes são extremamente necessários para auxiliar no bem-estar e crescimento da planta. Com a samambaia não é diferente. Então, para preservá-la, será necessário a adubação a cada 7 ou 15 dias.

 

Para fazer esse processo, conte com a ajuda de um fertilizante e um pulverizador, mas, não são as únicas coisas que merecem atenção. Levar em consideração as informações do fabricante do produto, é uma forma de melhorar ainda mais a sua adubação e fazer com que sua planta dure mais tempo.


Poda da samambaia

 

O crescimento acelerado da samambaia, principalmente depois do processo de adubação, faz com que seja necessário realizar constantemente podas na planta. Isso porque, se deixar acumular, elas vão acabar sufocando as mais novas, o que pode ocasionar na morte ou estrago na samambaia.

 

Para realizar o corte, é necessário ficar atento a alguns pontos. O primeiro deles é em relação ao local em que deve acontecer a poda. Ela precisa ser realizada diretamente no rizoma (sistema radicular das samambaias) e deixar de 2 a 3 brotos. Em alguns casos, pode haver a separação de todo o sistema radicular em 2 ou 4 partes.


Pragas e doenças das samambaias

 

As samambaias atraem bastante pragas. Isso acontece por dois motivos. O primeiro deles é por causa da alta concentração de folhas que elas apresentam. O segundo, tem relação com a escolha do vaso. Se você escolher um modelo que acumula muita água, é possível notar o aparecimento de lagartas,  larvas, caramujos e outros.

 

Para evitar que isso aconteça com a sua planta, existem algumas recomendações que auxiliam a evitar e até mesmo impedir que as pragas e doenças tomem conta da sua samambaia.

 

Algumas opções são: usar lesmicida orgânico, pendurar armadilhas de placas amarelas no vaso, utilizar inseticida e, caso algumas já tenham aparecido, você pode fazer uma catação manual.

 

TIPOS DE SAMAMBAIAS

 

Não existe apenas um tipo de samambaia, pelo contrário, existem várias. E para facilitar você a escolher aquela que mais combina com o seu estilo, listamos algumas das principais. Mas, lembre-se, é necessário saber como cultivar samambaia para que elas tenham uma durabilidade maior.


Samambaia de Metro

 

A samambaia de metro é aquele tipo de planta que não tem como você passar e ignorar a presença dela. Isso porque ela possui longa plantas, sendo uma das razões principais para que seja utilizada de forma decorativa.

 

Normalmente, os locais mais comuns que as pessoas colocam nessa planta são em locais mais espaçosos, como: varandas, salas de estar, cozinhas e garagem. Mas, fica a seu critério escolher o local ideal.

 

Originária do Brasil, a samambaia de metro é a maior de toda a espécie e suas folhas podem chegar a até 2 metros de comprimento.


Samambaia Asplênio

 

A samambaia asplênio chama atenção por causa de suas folhas longas e brilhantes e que crescem enroladas, sendo esse um dos principais motivos que faz com que essa planta também seja conhecida como ninho de passarinho.

 

Ela pode chegar até 1 metro. Porém, algo a se saber a respeito dela é que o crescimento de suas folhas é lento. Por ser uma planta típica de regiões quentes e úmidas - Ásia, Austrália e África - não tolera temperaturas abaixo de 16º.

 

Uma curiosidade sobre a samambaia asplênio, é que em suas regiões de origem, ela costuma crescer em tronco de árvores.


Samambaia Chifre-de-Veado

 

O fato que faz com que a samambaia chifre-de-veado leve esse nome é exatamente o formato de suas folhas que remetem ao chifre de veado. Essa é uma espécie que vem da Oceania e o clima ideal para ela são aqueles com alta umidade, sol fraco e sem vento.

 

São plantas que vivem sobre outras, por isso, é comum encontrarmos o seu desenvolvimento em troncos de árvores. Suas plantas chegam até 1 metro e são ótimas opções para decoração, principalmente quando falamos de jardim vertical.

 

A samambaia chifre-de-veado pode ser encontrada de duas formas: 1º finas, arredondadas e com aspecto seco; 2ª esverdeadas, grandes e que tem o aspecto de chifre de veados.


Samambaia Americana

 

Um dos modelos mais comuns de serem cultivados no Brasil, a samambaia americana é uma planta típica de clima tropical. Ela se destaca pelo fato de ser um modelo de médio porte - sua altura média é de 60cm, diferente das outras que chegam até 1 metro.

 

Por ser menor, uma boa forma de acomodá-la em casa ou onde deseja colocar é deixá-la em um vaso suspenso. Dessa forma, quando suas folhas crescerem e pesarem, elas caem e deixam um visual bem bonito para a decoração.

 

Uma dica, quanto mais espaço você der para o desenvolvimento da samambaia americana, mais bonita ela vai ficar.


Samambaia Avenca

 

Mais do que uma planta que melhora a decoração, seja de ambiente internos ou externos, a samambaia avenca possui propriedades medicinais que podem ser ingeridas via chá. As substâncias presentes nesta planta auxiliam no processo anti-inflamatório, diurético, antioxidante, expectorante, laxante e etc.

 

Também uma planta de porte pequeno, ela pode chegar a 30 ou 40cm de altura. Suas folhas são delicadas e com um leve arredondamento. Para cuidar desta planta, é necessário mantê-la em um local meio sombreado e que não tenha luz direta. Também evite o ar livre.


Samambaia Renda Francesa

 

Talvez um dos tipos de samambaias mais resistentes, a samambaia renda francesa tem uma folhagem fina, porém seus caules são grossos, mais ou mesmo do mesmo tamanho que um polegar. Elas podem durar até 20 anos e chegar a meio metro de altura.

 

As samambaias de renda francesa não são o único tipo que podem sem encontradas, pelo contrário, quem gosta desse tipo de planta, também pode procurar pela versão inglesa e a portuguesa.


Mini-Samambaia

 

Mini-samambaia, mini-havaiana, samambaia-crespa ou samambaia-havaiana? Não importa por qual nome você conheça essa planta, porque estamos falando do mesmo modelo. Uma espécie de pequeno porte, esse modelo é  uma opção de fácil cultivo, ideal para quem está querendo ter uma plantinha em casa ou não tem tempo para cuidar.

 

Apesar de não serem muito complicadas de cultivar, existe uma exigência da mini-samambaia, elas não costumam ser adeptas a mudanças, por essa razão, evite ficar trocando-a de lugar o tempo todo. Só faça isso quando for extremamente necessário e não houver mais jeito.

 

São ótimas opções para decoração, principalmente que seu tamanho não ultrapasse os 60 cm.


Samambaia Jamaica

 

Diferente de todos os tipos de samambaias que já foram apresentados até agora, a samambaia jamaica tem um característica bem diferente das demais. Elas se desenvolvem de forma horizontal e gera novos galhos que brotam folhas, esses, por sua vez, quando encontram na terra enraízam e fortalecem a planta.

 

A samambaia jamaica tem origem indiana e, assim como outras que foram mostradas, também não são de grande porte. Seu tamanho fica entre 30 e 70 cm de altura.


Leia também:

 

CULTIVE UMA SAMAMBAIA EM CASA!

 

Cultivar samambaias não é algo tão difícil de se fazer, pelo contrário, é necessário ficar atento a duas coisas principais: a umidade e a temperatura, já que essas são as maiores exigências desse tipo de planta. Quando bem cuidadas, elas podem durar bastante tempo. Temos até o caso da samambaia renda francesa que pode chegar a 20 anos.

 

Além de serem ótimas auxiliares da decoração, a samambaia também pode ter efeito medicinal e ser uma boa opção de remédio natural. Agora que já viu alguns dos modelos existentes mais comuns e aprendeu a como cuidar de uma, não tem mais desculpa para não ter uma plantinha dessa em casa.

 

Mas, e aí? Qual modelo você mais gosta? Aquelas que são menores ou as mais extravagantes?

Nenhum comentário:

Imagens de tema por andynwt. Tecnologia do Blogger.