Vírus da gripe: os hackers assassinos

Você está gripado de novo. E acaba se curando. Mas no próximo ano você gripa outra vez. Por que esses vírus voltam sempre?

 http://www.bioorbis.org/2018/04/virus-gripe-sintomas-saude.html
Você gripa todos os anos, esse pequenos "hackers" voltam sempre. Fonte da imagem: pixabay.

VAMOS DESCOBRIR...

O porquê dessa resistência desses vírus, é que os vírus da gripe, que têm o RNA como material genético, são extremamente mutáveis.

Fonte da imagem: Linkedin.

Todo ano surgem novas variedades, com antígenos diferentes que não são reconhecidos pelas nossas células de defesa. Os cientistas, então, reagem, produzindo novas vacinas, contendo antígenos derivados dos novos vírus. Estima-se que a gripe seja responsável por 100.000 hospitalizações anualmente nos EUA.

Fonte da imagem: BancodeSaúde.

Em três ocasiões no século XX as autoridades de saúde foram pegas de surpresa com o surgimento de novas variedades de vírus que causaram uma verdadeira pandemia (epidemia que afeta várias localidades do globo). Em 1918, a gripe espanhola matou 20 milhões de pessoas no mundo todo. Em 1957, a gripe asiática eliminou 70.000 americanos e, em 1968, a gripe de Hong Kong matou 34.000. Variedades do vírus Hong Kong, ainda não perfeitamente dominadas, mataram 400.000 pessoas nos Estados Unidos, a maioria com mais de 65 anos de idade.

Anatomia do vírus da gripe: EuroClinix.

Como você pode perceber, os vírus da gripe funcionam como verdadeiros hackers: destroem toda a programação celular e, muitas vezes acabam com a vida do portador.

Modo de transmissão

Gotículas de saliva espalhas pelo ar por pessoas infectadas pelo vírus.

Características da infecção

Coriza, tosse; raramente afeta pulmões; dores musculares e fraqueza.

Sintomas da gripe. Fonte da imagem: TuaSaúde.

Medidas profiláticas

Vacinação; tratar os doentes e evitar contato direto com eles.

CICLO REPRODUTIVO DE UM VÍRUS DA GRIPE

Existem centenas de variedades de vírus de gripe, todos portadores de RNA, que é seu material hereditário.

Ciclo de vida de um vírus. Fonte da imagem: novaescolaclube.

A infecção gripal começa quando o vírus adere a substâncias receptoras presentes na superfície das células hospedeiras, geralmente as que revestem as vias respiratórias. A partícula viral penetra inteira, nisso diferindo do bacteriófago, em que apenas o DNA viral penetra na célula.

No interior da célula o capsídio é digerido por enzimas, liberando o RNA no citoplasma. O RNA do vírus da gripe e de outros vírus de RNA (exceto os retrovírus) é capaz de se duplicar, originando inúmeras cópias dentro da célula hospedeira. As informações genéticas do RNA viral são então traduzidas, dando origem aos componentes proteicos do capsídio.

Referências
AMABIS, José Mariano; MARTHO, Gilberto Rodrigues. Biologia dos Organismos. Classificação, estrutura e função nos seres vivos. Editora Moderna. Volume 2. 1ª edição. 1998.
UZUNIAN, Armênio; BIRNER, Ernesto. Biologia 2. Editora Harbra. Prêmio Jabuti, 2002.


GRIPE E RESFRIADO, QUAL A DIFERENÇA?

Para finalizar veja um vídeo do canal do Drauzio Varella, sobre Gripe e Resfriado:


E VENHA SEGUIR NOSSAS COLEÇÕES NO GOOGLE+:

 https://plus.google.com/collection/YU0mQB https://plus.google.com/collection/0LmdQB

 https://plus.google.com/collection/YLgT0 https://plus.google.com/collection/YNjvQB

Comentários