Descubra como essa formiga escapa das garras mortais da formiga-leão

Todos já ouviram falar das mortíferas larvas da formiga-leão. Pois é, quase nada escapa delas, mas parece que essa nossa amiga aqui achou uma saída bem acrobática.

 http://www.bioorbis.org/2015/05/formigas-escapam-de-armadilhas-usando.html
Ela pode ser pequena, mas consegue realizar uma habilidade incrível com suas mandíbulas. Fonte da imagem: alexanderwild.

VAMOS DESCOBRIR...

A super-mandíbula da formiga Odontomachus brunneus


As mandíbulas da formiga Odontomachus brunneus (veja na imagem acima) podem funcionar como um chicote quando fecham em velocidades acima de 40 metros por segundo, e são usadas também para capturar presas, proteção e tarefas mais rotineiras, como cavar ninhos ou cuidar das larvas.





"Estudos anteriores relataram que essas formigas, por vezes saltam com suas mandíbulas, mas era desconhecido se este comportamento foi concebido para ajudá-las a fugir de um predador, e não estava claro que esse método realmente melhorou suas chances de sobreviver a um encontro com uma formiga-leão (veja na figura 3) ", disse Fredrick Larabee, um estudante de graduação na Universidade de Illinois e o primeiro autor de um artigo publicado na revista PLoS ONE.

Figura 2. A terrível larva da formiga-leão. Fonte da imagem: Moapa Valley Progress

"Pesquisas anteriores mostraram que Odontomachus brunneus às vezes adotam uma postura corporal incomum apenas antes de saltar. Ele abaixa a cabeça, fazendo contato com o solo, e, ocasionalmente, levanta uma perna antes de implantar suas mandíbulas para lançar-se no ar", acrescentou o Prof. Andrew Suarez, chefe da Universidade de Illinois, do Departamento de Biologia Animal.




Escapando da armadilha da formiga-leão


Para ver se, e como, muitas vezes, as formigas utilizam a manobra da mandíbula para escapar de um verdadeiro predador, Larabee e Professor Suarez testaram formigas em laboratório, deixando elas caírem em poços das temíveis formigas-leão (Myrmeleon carolinus), veja na Figura 2. Confiram no vídeo abaixo como elas escapam de forma acrobática da formiga-leão:


As formigas-leão constroem poços (veja na figura 3) com uma estratégia de duas partes para capturar as presas. Primeiro, eles cavam poços em forma de cones na areia e enterram-se na parte inferior do poço, e depois é só esperarem por uma vítima.



"As formigas foram capazes de saltar para fora dos poços de cerca de 15% do tempo nos seus encontros com a formiga-leão", disse Larabee.



Figura 3. Armadilhas poço da Formiga-leão. Fonte da imagem: imgur

"Mas quando nós colocamos suas mandíbulas fechadas antes de deixá-las cair nos poços, elas não puderam saltar. Isso cortou pela metade sua taxa de sobrevivência. "



"Este estudo pode mostrar como uma característica ou capacidade de evolução para um propósito que pode ser adaptado para diferentes usos. Neste caso, uma ferramenta que é muito boa para capturar presas ou também é bom para uma outra função, que é escapar ", disse Larabee.

Referências
EDITORE, Alberto Peruzzo. Autênticos insetos de coleção. Insetos, aracnídeos e outros artrópodes. A natureza de 1000 formas e cores, 2008.
Sites: Sri-News.com

Nenhum comentário:

Imagens de tema por A330Pilot. Tecnologia do Blogger.