A origem do voo das aves

Um mistério para muitos cientistas, mas há três teorias que podem explicar como seria a possível origem do voo.

 https://www.bioorbis.org/2017/02/a-origem-do-voo-das-aves.html
Aves voando. Pixabay/domínio Público.

VAMOS DESCOBRIR...

A HABILIDADE DE VOAR


Arara-vermelha-Ara-chloropterus
Arara-vermelha (Ara chloropterus). Fonte da imagem: Quizur

Sabe-se que apenas três grupos de vertebrados conquistaram o voo propriamente dito: aves, pterossauros (répteis voadores) e morcegos. Porém, cada grupo desenvolveu mecanismos próprios de deslocamento no ar, assim como características e estruturas morfológicas e anatômicas únicas.




Existem animais que não conseguem se sustentar no voo, sendo considerados planadores. Todos os grupos atuais apresentam espécies planadores, como peixes, pererecas, lagartixas e lagartos, esquilos e lêmures.

Arqueopterix-lithographica
O famoso Arqueopterix lithographicadinossauro datado do período Jurássico, foi por muito tempo considerado o elo perdido entre as aves e os répteis. Na verdade ele foi apenas mais um dinossauro emplumado dos muitos que existem. Fonte da imagem: Aves de Rapina Brasil.

ADAPTAÇÕES ANATÔMICAS PARA O VOO


Em geral, as adaptações anatômicas que as aves apresentam que possibilitam o voo estão relacionadas com a diminuição do peso corpóreo. As aves apresentam os membros anteriores, ou peitorais, modificados em asas.




Os membros posteriores, ou pélvicos, estão adaptados para andar, nadar ou empoleirar. As asas são utilizadas como impulso, tanto no voo, quanto na natação, como em pinguins.

evolução-do-voo-das-aves
A evolução do voo das aves. Fonte da imagem: Perditaphilips

TEORIAS E HIPÓTESES DA ORIGEM DO VOO DAS AVES


aves-origem-voo
Um pato em pleno voo. Pixabay/Domínio Público.

As três teorias principais para a evolução do voo nas aves são:

(A) Teoria arborícola: Começando com a vida nas árvores, os estágios incluem salto, paraquedismo, planeio e voo. Os fatores iniciais que favorecem a evolução de superfícies com penas ocorrem como uma consequência de descer pelo ar.

(B) Teoria da rede de insetos: Começando com um ancestral cursorial, o uso dos antebraços para capturar ou perseguir insetos favoreceu as superfícies com penas.

(C) Teoria Escalar: também começando com um ancestral cursorial, protoasas foram favorecidas com auxiliares para subir declives e posteriormente para o planeio e o voo rudimentares.



Veja as teorias em exemplo nas imagens a seguir:

teorias-arborícola-rede-de-insetos-escalar
Teorias. Fonte da imagem: ebah

Referência
Kardong. Vertebrados, Anatomia Comparada, Função e Evolução. 2011

Para finalizar veja um vídeo do canal Univerciência, sobre A origem do vôo das aves - The Origin of Flight, What Use is Half a Wing (ative as legendas no vídeo):


SIGA NOSSAS INCRÍVEIS COLEÇÕES NO GOOGLE+ E NÃO PERCA UMA POSTAGEM (CLIQUE NAS IMAGENS ABAIXO):

 https://plus.google.com/collection/YU0mQB https://plus.google.com/collection/Ut3sQB https://plus.google.com/collection/Qu2lQB

Nenhum comentário:

Postar um comentário