Como foi origem e evolução do voo nas aves?

Um mistério para muitos cientistas, mas há três teorias que podem explicar como seria a possível origem do voo.

https://www.bioorbis.org/2017/02/a-origem-do-voo-das-aves.html
Pixabay/domínio Público.

VAMOS DESCOBRIR...

✅ Canal no Youtube | Inscreva-se AGORA ✅
https://www.youtube.com/channel/UCdjF1j_jYXGznBq955YWDoQ?sub_confirmation=1

Não deixe de ver também sobre:



A HABILIDADE DE VOAR NAS AVES


Sabe-se que apenas três grupos de vertebrados conquistaram o voo propriamente dito: aves, pterossauros (répteis voadores) e morcegos. Porém, cada grupo desenvolveu mecanismos próprios de deslocamento no ar, assim como características e estruturas morfológicas e anatômicas únicas.

Existem animais que não conseguem se sustentar no voo, sendo considerados planadores. Todos os grupos atuais apresentam espécies planadores, como peixes, pererecas, lagartixas e lagartos, esquilos e lêmures.

Figura 2. O famoso Arqueopterix lithographicadinossauro datado do período Jurássico, foi por muito tempo considerado o elo perdido entre as aves e os répteis. Na verdade ele foi apenas mais um dinossauro emplumado dos muitos que existem. Fonte da imagem: Aves de Rapina Brasil.


ADAPTAÇÕES ANATÔMICAS PARA O VOO


Em geral, as adaptações anatômicas que as aves apresentam que possibilitam o voo estão relacionadas com a diminuição do peso corpóreo. As aves apresentam os membros anteriores, ou peitorais, modificados em asas (veja na imagem abaixo).


Figura 3. A evolução do voo das aves. Fonte da imagem: Perditaphilips

Os membros posteriores, ou pélvicos, estão adaptados para andar, nadar ou empoleirar. As asas são utilizadas como impulso, tanto no voo, quanto na natação, como em pinguins.



TEORIAS E HIPÓTESES DA ORIGEM DO VOO DAS AVES


As três teorias principais para a evolução do voo nas aves são:

(A) Teoria arborícola: Começando com a vida nas árvores, os estágios incluem salto, paraquedismo, planeio e voo. Os fatores iniciais que favorecem a evolução de superfícies com penas ocorrem como uma consequência de descer pelo ar.

(B) Teoria da rede de insetos: Começando com um ancestral cursorial, o uso dos antebraços para capturar ou perseguir insetos favoreceu as superfícies com penas.

(C) Teoria Escalar: também começando com um ancestral cursorial, protoasas foram favorecidas com auxiliares para subir declives e posteriormente para o planeio e o voo rudimentares.

Veja as teorias em exemplo nas imagens a seguir:

Teorias da origem do voo nas aves. Fonte da imagem: ebah

Referência
Kardong. Vertebrados, Anatomia Comparada, Função e Evolução. 2011

Nenhum comentário:

Imagens de tema por A330Pilot. Tecnologia do Blogger.